top of page

O guia completo para a limpeza e manutenção de painéis solares


Os painéis solares do telhado podem ficar sujos como resultado da exposição à poeira e poluição.


A sujeira interfere na produção de energia solar? O vento e a chuva não fornecem limpeza suficiente? Esta tarefa deve ser realizada por uma empresa de limpeza especializada?



Não procure mais do que este guia para descobrir tudo o que você precisa saber sobre a limpeza e manutenção de painéis solares!


Em primeiro lugar, vamos apresentar os dois termos diferentes discutidos neste artigo:


Limpeza do painel solar : envolve a lavagem dos painéis como janelas. A limpeza pode ser combinada com a manutenção preventiva dos coletores solares.


Manutenção de painéis solares : refere-se à manutenção técnica realizada por um profissional e, idealmente, deve ocorrer uma vez por ano.


A razão pela qual os painéis fotovoltaicos devem ser limpos é para garantir a eficiência do painel solar.


Um painel sujo corre o risco de produzir menos eletricidade e, assim, reduzir a rentabilidade da instalação.


Aliás, a limpeza e manutenção de painéis solares abrange todo o tipo de instalações solares, nomeadamente:


Painéis solares fotovoltaicos.


Painéis solares térmicos.


Painel solar híbrido .



As ferramentas necessárias para limpar corretamente os painéis fotovoltaicos

ferramentas-de-limpeza-painel-solar.


Para limpar a superfície dos painéis, basta água morna e macia e uma esponja não abrasiva. Nada mais.


Esteja ciente de que a aplicação de água fria em um painel quente pode resultar em choque térmico, danificando o painel.


Além disso, a limpeza com água dura pode deixar resíduos brancos nos painéis de vidro e, portanto, afetar seu desempenho.


Se possível, use uma vara telescópica para evitar o risco desnecessário de subir no telhado.


Por último, mas não menos importante, é quase desnecessário dizer que você deve evitar se apoiar demais em seus painéis.


O que evitar ao limpar painéis solares


Certos produtos de limpeza podem danificar os painéis solares e, portanto, devem ser evitados:



Água dura . Pode deixar resíduos brancos que diminuem a produção fotovoltaica.


Esponjas abrasivas . Eles podem arranhar os painéis.


Água muito fria : Usar água muito fria em um painel quente pode resultar em choque térmico e danificar permanentemente o painel solar.


Água com muita pressão . Isso pode danificar as juntas na estrutura do painel.


Lavadoras de alta pressão do tipo Kärcher devem, portanto, ser evitadas.

Solventes e detergentes . Tais produtos podem danificar a superfície dos coletores solares.


Limpeza e manutenção fotovoltaica



Como dissemos anteriormente, os painéis solares só podem funcionar em um nível ideal se estiverem limpos e livres de qualquer objeto ou elemento que possa bloquear os raios solares. Isso inclui sombra!


Na França, há vento e chuva suficientes para limpar e enxaguar adequadamente as instalações solares fotovoltaicas, mas você também pode limpar os painéis com uma esponja, se desejar.


No que diz respeito à manutenção, serve para lembrar que os painéis solares fotovoltaicos não requerem nenhuma manutenção técnica especial.


Isso mesmo. Eles são extremamente confiáveis ​​e robustos - e podem operar por até 30 anos! Tudo o que você precisa fazer é garantir uma verificação ocasional dos cabos, do medidor de saída e do inversor.


Uma simples olhada no monitor irá alertá-lo sobre uma queda inesperada nos níveis de produção.


Limpeza e manutenção de painéis solares térmicos


O procedimento de limpeza é semelhante ao de qualquer outro tipo de painel.


No entanto, este tipo de instalação solar requer uma rigorosa manutenção térmica com base nas recomendações apresentadas por cada fabricante em parte.


Estes são especificados nos manuais de cuidados e manutenção.


A manutenção térmica de uma instalação é realizada por um instalador solar uma vez por ano, altura em que:



Verifica a pressão da água usando o manômetro para garantir que não seja inferior a 1 bar.


Se a pressão for inferior a 1 bar, pode comprometer a circulação da água com glicol e afetar negativamente toda a instalação solar.


Controla a quantidade de glicol, que é o anticongelante encontrado nos painéis . Deve haver glicol suficiente para evitar que os painéis congelem no inverno.


Monitoriza o funcionamento dos dispositivos de segurança da instalação, como a válvula misturadora à saída do depósito de água quente sanitária ou a válvula de segurança solar.


Garante que a instalação seja perfeitamente estanque e impermeável. Confirma a ausência de vazamentos de fluido nas partes acessíveis do sistema.


Verifica a bomba, o tanque de expansão e as conexões elétricas.


Todas as acções efectuadas na instalação térmica devem ser registadas pelo instalador num caderno de manutenção e acauteladas de forma a garantir um seguimento preciso ao longo da vida útil da instalação.


Limpeza e manutenção de painéis solares híbridos


A característica distintiva dos painéis solares híbridos é que eles combinam dois sistemas em um: painéis fotovoltaicos na frente e painéis térmicos na parte traseira, em direção ao telhado.


Os painéis solares híbridos são limpos exatamente da mesma maneira que um painel fotovoltaico ou térmico, ou seja, com água morna e macia e uma esponja não abrasiva.


No que diz respeito à parte fotovoltaica, este procedimento é idêntico ao de um painel clássico, que consiste na verificação dos cabos, da caixa de produção e do inversor solar.


A manutenção do lado térmico é semelhante à de uma instalação solar térmica.



Esta característica vantajosa preserva o fluido de transferência de calor, bem como os componentes do painel por um período de tempo mais longo, tornando desnecessária a substituição de componentes e, portanto, reduzindo drasticamente os custos de manutenção.


Observe que um guia de manutenção do painel solar está disponível para quem deseja instalar uma instalação híbrida


Manutenção de inversores e carcaças


Para começar, lembramos que o inversor solar é uma parte indispensável de uma instalação solar que converte a saída de corrente contínua em corrente alternada. Ele também vem em um formato menor, chamado de microinversor.


A manutenção de um inversor é uma tarefa descomplicada. Uma vez por ano, as entradas de ar devem ser limpas para que o dispositivo possa esfriar adequadamente. As luzes indicadoras e vários visores também devem ser verificados neste momento.


Este procedimento limita a diminuição da produtividade do dispositivo no final de sua vida útil.


Deve-se notar que um inversor solar tem uma vida útil estimada de cerca de 10 anos. Além de ser limpo e mantido, ele precisará ser substituído pelo menos uma vez durante a vida útil do sistema fotovoltaico.


Por último, mas não menos importante, voltamos nossa atenção para as outras caixas de conectores. Sua manutenção consiste em tirar o pó e verificar as luzes indicadora.


bottom of page